CARACTERÍSTICAS

 

Eles têm grande importância ecológica, pois são considerados os principais predadores de insetos e outros pequenos animais. Assim como aranhas, carrapatos e ácaros, os escorpiões pertencem à classe Arachnida. Seu comprimento pode variar entre 1 e 20cm e distingue-se dos insetos por apresentar quatro pares de pernas, por não possuir asas ou antenas.

É facilmente reconhecido devido a sua saliente cauda de formato curvo, onde está localizado o ferrão, e pelo par de pedipalpos terminados em garras. O ferrão do escorpião injeta o veneno para a captura de presas ou para defender-se.

ONDE HABITAM

Por serem resistentes a temperaturas entre 0 e 55ºC, os escorpiões habitam praticamente todos os continentes, exceto regiões muito frias, como a Antártida. São discretos e com hábitos noturnos. Em áreas urbanas é possível encontrar escorpiões onde há acúmulo de entulhos e de materiais de construção, em terrenos baldios, jardins, etc. Dentro de casa, eles podem ficar escondidos em lugares escuros como espaços apertados, porões, armários e depósitos.

RISCOS À SAÚDE

Todos os escorpiões são venenosos, porém apenas 25 espécies podem ser mortais aos humanos. Seu veneno também serve para pré-digerir as vísceras e órgãos de suas presas. O tratamento para este veneno deve ser hospitalar, de preferência com a apresentação do escorpião para facilitar o diagnóstico e o tratamento.