CARACTERÍSTICAS

Pulgas não possuem asas, mas possuem pernas fortes, principalmente o par posterior, o que lhes permite movimentos rápidos e grandes saltos. O indivíduo adulto é hematófago, consumindo sangue de aves ou mamíferos como cães e gatos. As pulgas se desenvolvem através das fases de ovo, larva, pupa e adulto.

A ação de inseticidas ocorre sobre as larvas e indivíduos adultos, pois os ovos e as pupas são praticamente impermeáveis, vindo daí a necessidade do uso de um regulador de crescimento.

ONDE HABITAM

Como a maior parte do ciclo de vida da pulga ocorre fora dos seus hospedeiros, é necessário cuidar também do ambiente onde eles vivem. Ou seja, não basta eliminar as pulgas que se encontram apenas no animal, é importante matá-las em todas as suas formas evolutivas dentro do ambiente doméstico.

RISCOS À SAÚDE

As pulgas, além de causarem muito desconforto ao homem e a outros animais, também transmitem diversas doenças graves, como severas dermatites e outras reações cutâneas de caráter alérgico. No passado, foi responsável por uma série de epidemias, como a grande praga de Londres, chamada Peste Bubônica, em 1665, que vitimou 1/5 da população.